top of page
Andrea Huguenin Botelho 005_Foto Fernand

BIO

Andréa Huguenin Botelho é maestra, pesquisadora, compositora e pianista teuto-brasileira, nascida no Rio de Janeiro, Brasil e radicada na Alemanha. Possui Mestrado em Piano e Regência Orquestral pela Georgia State University nos Estados Unidos, Pós-graduação em Piano pela Staatliche Hochschule für Musik Karlsruhe na Alemanha, especialização em regência operística pelo Mariinsky Theater em São Petersburgo e graduação em Música pela Universidade do Rio de Janeiro — Uni-Rio, no Brasil.

Reconhecida pelo magnetismo da sua interpretação em palco, ocupa um lugar de prestígio na música internacional. Lidera várias iniciativas de música brasileira, bem como performances e workshops de regência. A sua produção também se faz sentir fora do palco, na intensa pesquisa e empenho do seu trabalho no campo da mulher na música, para estabelecer o espaço das mulheres compositoras e a igualdade de direitos das mulheres na regência.

Além de sua intensa atuação na música como professora, em concertos e em pesquisas, a inovação de projetos educacionais que promovam a interculturalidade entre Brasil e Alemanha é um elemento constante de seu trabalho. Um bom exemplo é a criação do primeiro coral infantil bilíngue alemão-português Curumins em Berlim, em 2016.

O programa Música Brasileira, que acontece na Staatliche Musikschule Charlottenburg-Wilmersdorf, existe com grande impacto em toda a Alemanha. Desde a sua concepção em 2016, constitui um ambiente para a divulgação da música brasileira, pela primeira vez numa escola pública de música neste país. As atividades de Andréa Huguenin Botelho promovem projetos artísticos e educacionais e inspiram trabalhos sobre questões de género na música.  Atualmente, na Alemanha, é referência em questões multiculturais e representante das mulheres na música, especialmente para a América Latina.

Atualmente trabalha como maestra em Berlim, Alemanha, como diretora artística do Brasil Ensemble Berlin e do Ayabás Chor Berlin, além de trabalhos independentes com orquestras e trabalhos pedagógicos. Como pesquisadora, dedica-se à música e gênero e está cursando doutorado em história e estudos culturais na Freie Universität Berlin, com foco na maestra e compositora brasileira Joanídia Sodré.

No campo das mulheres na música, ajuda a coordenar o Simpósio Internacional sobre Mulheres Regentes, colabora com o Archiv Frauen und Musik em Frankfurt, é membro do Grupo de Trabalho Mulheres Regentes da associação Internationaler Arbeitskreis Frau und Musik e.V., e é membro do grupo de embaixadoras da Fundação Donne, Women in Music, fundada por Gabriella di Laccio.

Em 2023, trabalha como curadora no Schloss Britz em Berlim, realizando uma série de concertos dedicados a mulheres compositoras sob o título "Komponistinnen - eine Spurensuche".

bottom of page